editar uma imagem: fluxo de trabalho relativo à cena

O fluxo de trabalho relativo à cena assume que a maior parte do processamento de imagens será realizado na parte linear relativa à cena da pixelpipe. Isto ajuda a reduzir artefatos e trocas de cor que pode resultar do processamento de valores de pixels não lineares e, ao desacoplar o processamento de imagens das características de uma tela ou monitor específica, facilitar a adaptação do seu trabalho em novos meios de visualização no futuro, como telas de alto alcance dinâmico.

O fluxo de trabalho relativo à cena é agora a forma recomendada de usar o darktable e, como tal, esta seção fornece uma visão geral muito mais abrangente do que a próxima seção sobre o fluxo de trabalho relativo à exibição.

🔗passos básicos

O processamento básico de imagens no fluxo de trabalho relativo à cena requer que você, no mínimo, considere os seguintes passos de modo a renderizar uma imagem razoável em sua tela:

  1. Capture uma imagem

    Use sua câmera para obter uma imagem exposta adequadamente. Normalmente você pode confiar nos recursos de medição e exposição automáticos de sua câmera. No entanto, para algumas cenas você pode precisar usar a compensação de exposição da câmera ou configurações manuais para obter uma exposição adequada. Em geral, é melhor deixar a exposição na sua câmera o mais brilhante possível sem recortar as luzes mais altas. Isto é conhecido como “exposição à direita” (ETTR, sigla em inglês) e faz um uso completo de todo o alcance dinâmico de seu sensor. Muitas câmeras possuem funcionalidades que exibem no visor “zebrados” ou “luzes piscantes” para alertar quando existe risco de recortar as luzes mais altas.

  2. Ajuste os tons médios com o módulo exposição

    Use o controle deslizante de exposição no módulo exposição para ajustar os tons médios na imagem a um nível de brilho apropriado. Nesta etapa, não se preocupe com as luzes e sombras, já que serão tratadas mais à frente.

    O módulo exposição está habilitado por padrão e incluirá um aumento inicial de exposição de + 0.5EV para imitar o processamento padrão da maioria dos arquivos JPEG integrados na câmera. Os sistema de medição das câmaras variam e alguns modelos de câmeras podem necessitar de um aumento de exposição ligeiramente maior (por. ex., + 0,8 EV ~ 1,5 EV), sendo que neste caso você pode criar uma [predefinição]((../../darkroom/processing-modules/presets.md) a ser aplicada automaticamente se necessário. O módulo de exposição detectará se foi usada a compensação de exposição da câmera (veja os comentários acima sobre ETTR) e reajustará a exposição de acordo.

    Você pode ajustar o nível de preto no módulo exposição para proporcionar mais contraste, mas tenha cuidado ao fazer isso pois pode terminar com valores RGB negativos, o que pode causar mau funcionamento do módulo rgb fílmico.

  3. Ajuste o balanço de brancos

    É importante que o balanço de brancos esteja configurado corretamente para formar uma base sólida para o processamento posterior. A câmera normalmente armazena o balanço de brancos escolhido dentro dos metadados do arquivo raw e o darktable usa isto como ponto de partida. Para obter um balanço de branco mais preciso, você pode usar um seletor de cor para selecionar um tom de cinza neutro na imagem, ou você pode alternar para uma predefinição de balanço de brancos diferente de sua câmera, quando disponível. Ajustes finos ao balanço de brancos global são feitos usando o controle deslizante de temperatura e, menos frequentemente, o controle deslizante de tonalidade. Mover o controle deslizante de temperatura para a esquerda torna a imagem mais fria (mais azul) e movê-lo para a direita torna-a mais quente (mais laranja).

    O módulo de balanço de brancos só pode realizar ajustes globais no balanço de brancos da imagem. O módulo balanço de cor, entre outras coisas, fornece ainda mais controle em casos onde a cena foi iluminada por múltiplas fontes de luz a diferentes temperaturas de cor.

    Nota: Agora estão disponíveis controles de balanços de branco mais avançados usando o módulo _calibração de cor _.

  4. Ajuste os pontos de branco e preto usando o módulo rgb filmico

    Este módulo realiza a compressão do mapa de tons do alto alcance dinâmico da imagem capturada para o baixo alcance dinâmico da mídia de exibição. O nível dos tons médios já foram configurados (acima) com o módulo exposição. O fílmico irá sugerir, na aba cena, um ponto de branco e preto apropriado para a imagem. Você pode precisar ajustar estes valores para uma cena em particular. Na aba aparência você pode ajustar as configurações de contraste e saturação dos tons médios, se necessário.

🔗outros módulos recomendados

Além dos módulos básicos descritos acima, considere usar os módulos a seguir para fazer com que sua imagem se pareça ainda melhor. Estes módulos sabidamente trabalham bem com o fluxo de trabalho relativo à cena:

_cortar e girar _ / _correção de perspectiva _
Frequentemente você desejará mostrar somente parte da cena capturada em sua imagem, por exemplo para remover algo que desvie a atenção do tema fotografado. Em outros casos, é possível que seja necessário nivelar o horizonte da imagem ou pode haver distorções de perspectiva. Tudo isto pode ser corrigido com um controle manual completo no módulo cortar e girar. Para uma correção completamente automática das distorções de perspectiva, você pode alternativamente usar o módulo de correção de perspectiva.
retocar / pixels quentes
Às vezes você precisará remover manchas causadas por sujeira no sensor ou remover partes da imagem indesejadas. O módulo retocar está disponível para isto e pode também corrigir elementos perturbadores como imperfeições na pele. Se sua câmera possui pixels queimados ou tendem a produzir pixels quentes com valores de ISO alto ou tempos de exposições maiores, dê uima olhada no módulo pixels quentes para correção automática.
_balanço de cor rgb _
Este é um módulo versátil que pode ser usado para posterior ajuste do contraste e saturação de uma imagem, e também pode ser usada para realizar a gradação de cor (por exemplo, emular a gradação “laranja e verde azulado” usada nos filmes de Hollywood, eliminar o avermelhamento dos tons de pela, ajustar o balanço de cor desigual em sombras/tons médios/altas luzes, etc.). O módulo zonas de cor também pode ser útil em alguns casos onde você não foi capaz de obter os efeitos desejados usando o módulo balanço de cor rgb.
equalizador de tons
Use este módulo para realizar operações de “clarear e escurecer” e recuperar detalhes nas sombras e nas luzes. Este módulo gera uma máscara para suavizar a luminância em diferentes partes da imagem e o equalizador permite que você aumente e diminua seletivamente os níveis de luminância usando esta máscara. É recomendável que você primeiro verifique se a máscara está definida apropriadamente e então use os controles deslizantes ou a curva-S para ajustar os vários níveis de brilho. Você pode também colocar o cursor do mouse em diferentes partes da imagem para obter o nível de EV da máscara naquele ponto e então usar a roda do mouse para ajustar o brilho do nível EV de acordo.
_contraste local _
Este módulo pode enfatizar os detalhes e melhorar a claridade, sendo uma boa maneira de melhorar a nitidez de uma imagem em geral. É recomendável que você use este módulo no modo laplaciano local.

Uma técnica mais versátil mas também mais completa é usar o módulo equalizador de contraste, que é muito útil para realizar ajustes onde a dimensão espacial exerce um papel. Ele possui uma série de predefinições que podem ser úteis como ponto inicial para compreender o funcionamento deste módulo.

_redução de ruído (perfilado) _
O módulo redução de ruído (perfilado) é normalmente sua melhor opção para reduzir o ruído em uma imagem. O módulo oferece uma solução quase de “clique-único” para remover ruído. Da perspectiva do usuário o efeito depende do tipo de câmera e valor do ISO, ambos derivados dos dados Exif. Todas as outras configurações são obtidas a partir de uma banco de dados de perfis de ruído que a equipe do darktable compilou, atualmente com boa cobertura de 300 modelos de câmeras. A maneira mais simples de usar este módulo é o modo média não local automático. O recurso de wavelet deste módulo também é bem eficiente contra ruído de cor. É recomendável que você use este módulo com 100% de ampliação de modo que você possa ver precisamente os efeitos de suas modificações.

Outros módulos que permitem eliminar o ruído da imagem incluem redução de ruído raw, suavização, redução de ruído em astrofotografia, e o equalizador de contraste, que se baseia em wavelets. Se sua câmera não for ainda suportada pelo redução de ruído (perfilado), redução de ruído em astrofotografia é provavelmente a alternativa mais adequada, já que permite tratar o ruído de cor e de luminância separadamente.

_ remoção de névoa _
Faz o que declara em seu nome – remove a névoa atmosférica.
_calibração de cor _
Este módulo oferece uma gama de predefinições para criar imagens em preto e branco emulando filmes clássicos. Ele pode também ser usado para modificar as matrizes do seu perfil de cor, por exemplo, para lidar com problemas com a gama de cores.
_correção de lente _
Se sua combinação de câmera/lente for compatível, use este módulo para corrigir as distorções de lentes padrão, onde as correções não foram já realizadas pela câmera. Os módulos _cortar e girar _ ou correção de perspectiva também podem ser utilizados para simular os efeitos de uma lente de movimento de inclinação (tilt-shift).

🔗módulos a serem usados com cuidado

Existem alguns módulos para os quais ainda não existem alternativas melhores para a fluxo de trabalho relativo à cena. Se necessário, estes módulos devem ser usados com moderação e cuidado.

vivacidade
Tende a escurecer as cores. Considere usar zonas de cor com uma máscara paramétrica de saturação para obter mais controle.
_ zonas de cor _
As transições podem não ser tão agradáveis. Uma alternativa pode ser usar balanço de cor com uma máscara paramétrica.
vinheta
Este módulo pode produzir resultados de aparência pouco natural com uma transição muito forte. Pode ser melhor usar o módulo exposição com uma máscara elíptica com uma área de transição grande e talvez adicionar balanço de cor com a mesma máscara para reduzir a saturação das bordas.

Nota: Quando usar modos de mesclagem em qualquer módulo, deve levar em conta que muitos dos modos de mesclagem são otimizados para o espaço relativo à exibição e assumem um valor de tons médios de 50%. Para o espaço linear relativo à cena, mantenha-se nos modos de mesclagem baseados em operações aritméticas (soma, multiplicação, divisão, resto, média), em comparações de máximo/mínimo (exibição) ou em separação de canais (tom, cor, croma, etc.) .


🔗outros efeitos artísticos

Existem também vários módulos de efeitos artísticos disponíveis no darktable. Para nomear apenas alguns:

  • Use o módulo marca d’água para adicionar uma marca d’água individual a sua imagem.

  • Use o módulo grão para simular o ruído típico das fotos analógicas.

  • Use o módulo mapeamento de cores para transferir a aparência de uma imagem em cores à outra.

  • Use o módulo visão com luz baixa para simular a visão humana produzindo fotografias com pouca luz que se pareçam mais próximas da realidade.

  • Use o módulo de filtro de densidade graduada para adicionar um gradiente neutro ou colorido a sua imagem para correção de exposição e cor.

Consulte a referência de módulos de processamento para obter uma lista dos módulos disponíveis.

🔗módulos a evitar

Existem vários módulos cujo uso não é mais recomendável para o fluxo de trabalho relativo à cena. Isto não significa que eles não possam ser usados, mas eles podem produzir efeitos indesejados quando seus controles deslizantes são colocados em posições mais extremas e existem alternativas melhores. Em cada caso, o módulo alternativo preferido é listado junto com uma breve explicação.

mapeamento tonal local (obsoleto)
preferível o equalizador de tons

Este módulo aplica um desfoque bilateral sobre um mapeamento não linear (logarítmico) que pode provocar halos e franjas. Isto é um problema comum para os módulos que realizam desfoques e oclusões que operam sobre uma codificação não linear.

mapa tonal global (obsoleto)
preferível o rgb fílmico

Este módulo tenta trabalhar com imagens HDR usando o espaço de cor Lab, que não é adequado para alcances dinâmicos altos. O módulo rgb fílmico opera em um espaço linear e pode escalonar facilmente sobre uma ampla gama de valores de entrada da cena e ajustá-los no alcance dinâmico mais estreito exigido pelos dispositivos de visualização e impressão.

sombras e realces
preferível equalizador de tons

Este módulo trabalha com desfoque no espaço de cor Lab, resultando problemas que incluem halos, alto contraste local na luzes e mudança de tons para o azul nas sombras.

passa-baixas
preferível o equalizador de contraste ou o equalizador de tons

Outro módulo que faz desfoques no espaço de cor Lab. Prefira o equalizador de contraste para desfocar ou o equalizador de tons se precisa de compressão do alcance dinâmico local.

passa-altas
preferível o equalizador de contraste ou o contraste local

Usa um desfoque realizado no espaço de cor Lab, tendo assim os mesmos problemas apontados para o módulo passa-baixas. Use o equalizador de contraste para ajuste fino da nitidez, ou o contraste local para um ajuste geral da nitidez.

melhorar nitidez
preferível o equalizador de contraste ou o contraste local

O algoritmo USM usado no módulo melhorar nitidez sofre dos mesmos problemas do módulo passa-altas e pode facilmente gerar artefatos. Use as predefinições oferecidas pelo equalizador de contraste para eliminar o desfoque ou o contraste local para uma nitidez general.

monocromático
preferível o calibração de cor (ou o balanço de cor)

O módulo monocromático pode ser bastante complicado de usar. As predefinições do calibração de cor emulam melhor o que acontece fisicamente com o filme ou você pode configurar o controle deslizante da saturação de saída no módulo balanço de cor para 0% para um enfoque mais perceptivo.

luz de preenchimento (obsoleto)
preferível o equalizador de tons (ou o exposição)

Usado para adicionar luz a uma cena, este módulo também usa desenfoques no espaço de cor Lab. O equalizador de tons funciona em um espaço linear, ou pode-se obter também efeito semelhante usando o módulo exposição com uma máscara desenhada.

luz suave
preferível o equalizador de tons (ou o exposição)

Novamente, este módulo usa desenfoques no espaço de cor Lab. Use o módulo equalizador de tons ou o módulo exposição com uma máscara paramétrica, os quais operam com codificações lineares.

sistema de zona (obsoleto)
preferível o equalizador de tons (ou o exposição)

Este módulo também opera no espaço Lab e se torna problemático se forçado demais. É melhor usar o equalizador de tons ou múltiplas instâncias do módulo exposição com máscaras paramétricas para reduzir em uma zona.

correção de cor
preferível o balanço de cor

Prefira o módulo balanço de cor, que funciona no espaço de cor RGB e permite um fácil ajuste do balanço de brancos em sombras (deslocamento), meios tons (potência) e luzes altas (inclinação). Note que o deslocamento, potência e inclinação que normalmente usamos em espaços de cores lineares correspondem aproximadamente aos parâmetros elevação, gamma e ganância usados em espaços codificados com gamma não lineares.

vélvia
preferível o balanço de cor

O controle deslizante saturação de saída do módulo balanço de cor usa uma lógica similar ao do módulo vélvia, mas sem as mudanças de tom e brilho, que podem ser difíceis de administrar.

níveis/niveles rgb
preferível o balanço de cor

Estes módulos basicamente implementam um subconjunto das funções do módulo balanço de cor, o que praticamente os torna redundantes.

curva de tons/curva rgb
preferível o balanço de cor

Estes módulos são usados normalmente para ajustar o contraste. Sua interface assume que o nível de tons médios ao redor dos 50%, mas em um espaço linear relativo à cena os tons médis estão muito mais baixos, ao redor dos 18%. É melhor ajustar o contraste no módulo balanço de cor onde o ponto de referência dos tons médios pode ser definido no controle deslizante pivô do contraste.

contraste, brilho, saturação
preferível o balanço de cor

Este módulo trabalha no espaço de cores Lab (com as limitações que isto implica) e basicamente duplica funcionalidade já fornecido pelo balanço de cor.

Translations